Teocentrismo – Definição, Significados e Exemplos

O teocentrismo é um tipo de doutrina que determina um modelo de vida. Nesse modelo de existência, ser teocêntrico significa viver de uma maneira que coloca Deus no centro da vida ou o torna o foco principal da vida. Um exemplo muito clássico do que é uma vida teocêntrica é o de um monge do Tibet, no qual tudo o que ele faz é voltado para a vontade de Deus, que guiam suas vidas. No entanto,não é preciso ir muito longe para entender mais situações de existências teocêntricas, afinal, essa é a base de qualquer uma das grandes religiões do mundo. Ou seja, quem é religioso fervoroso tende a colocar Deus no centro de tudo – e partir de então começam a ter uma vida baseada no teocentrismo.

No cristianismo, por exemplo a vida teocêntrica é vivida no entendimento de que todas as coisas fluem “dele, e através dele e para ele” (Romanos 11:36). Em contraste, uma vida antropocêntrica coloca o homem no centro.Para os cristãos que estão comprometidos com a Palavra de Deus e a doutrina da providência de Deus, a história está cheia de significado. A história é valiosa e significativa, mas só quando compreendida da perspectiva daquele que ordenou a história. O que se segue, então, são os parâmetros de uma filosofia teocêntrica ou centrada em Deus da história.

Outros modelos de vida vão colocar outras coisas no centro de tudo, tal como o hedonismo põem nos prazeres do homem, como beber, amar ou fazer suas necessidades básicas. Outros, podem crer ser o mundo em si – a mãe natureza, que é o que faz algumas religiões africanas. Portanto, as religiões são boas formas de entender como o teocentrismo se dissemina pelo mundo, tomando-se como uma forma de vida em que Deus é a resposta para qualquer coisa e se torna a motivação para qualquer ação.