Jovem Aprendiz Senac: Como Funciona?

O Jovem Aprendiz Senac é um programa de aprendizagem responsável pela parte teórica prevista em lei para os aprendizes. Saiba quais são os principais requisitos e como fazer para ser um Jovem Aprendiz Senac.

O Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) é uma empresa que tem como principal objetivo capacitar profissionais que desejam atuar na área do comércio.

Como funciona o Jovem Aprendiz Senac

Para aqueles que estão ingressando no mercado de trabalho e foram selecionados como Jovens Aprendizes em uma empresa ligada ao setor comercial, o Jovem Aprendiz Senac é uma oportunidade de desenvolverem seus conhecimentos teóricos em uma conhecida empresa.

O Senac atua como uma escola de formação profissional, entregando para a empresa pessoas capacitadas e prontas para atuarem no comércio de bens, turismo ou serviços.

Segundo a Lei da Aprendizagem, toda empresa que tenha mais de cinco funcionários contratados deve dar a oportunidade para os aprendizes. Estes precisam compor de 5% a 15% do quadro de funcionários.

Assim que as empresas contratam um aprendiz, precisam se responsabilizar não apenas pelo que irão colocar em prática, mas também pelo ensino da teoria, previsto na Lei 10.097/2000.

Com isso, caso sejam do setor comercial, podem realizar uma parceria através do Jovem Aprendiz Senac. Então, toda a parte teórica prevista durante o programa de aprendizagem é oferecida pelo Senac.

O Senac trabalha com os seguintes cursos:

  • Livres;

  • De aperfeiçoamento;

  • Técnicos;

  • Nível superior;

  • Pós-graduação/especialização.

Como a maioria dos programas de aprendizagem das empresas exige que o Jovem Aprendiz não esteja matriculado no nível superior, os cursos livres, de aperfeiçoamento ou técnicos seriam os mais indicados ao Jovem Aprendiz Senac.

Quem pode se inscrever?

Como o Jovem Aprendiz Senac acontece através de uma parceria do Senac com uma empresa do setor comercial, podem se inscrever adolescentes e jovens que cumprem os requisitos do programa dentro da empresa em que foram contratados.

O Senac segue o que diz a Lei de Aprendizagem, então, para participar do programa exige que o interessado:

  • Tenha entre 14 e 24 anos;

  • Esteja matriculado no ensino médio ou já tenha concluído o segundo grau;

  • Seja Jovem Aprendiz de uma empresa parceira;

  • Nunca ter trabalhado com carteira assinada;

  • Tenha disponibilidade para trabalhar de 4h a 6h por dia;

  • Não esteja matriculado no ensino superior.

É importante ressaltar que o Jovem Aprendiz Senac em nenhum momento poderá sair prejudicado em seus estudos. Então, será preciso conciliar a rotina de aprendiz com os estudos no ensino médio.

Como se inscrever?

Para se inscrever no Jovem Aprendiz Senac é preciso que o adolescente ou jovem tenha um vínculo empregatício como aprendiz em alguma empresa parceira. Nesse caso é indicado verificar se os programas de aprendizagem dos parceiros já estão abertos e realizar sua inscrição.

Algumas das empresas que são parceiras do Senac são:

  • Coca-Cola;

  • Nestlé;

  • Extra;

  • Vivo;

  • Correios.

Assim que for selecionado, será de responsabilidade da empresa parceira realizar o cadastro do jovem ou adolescente no Jovem Aprendiz Senac. O ideal é se informar com o empregador, para que você saiba exatamente o que deve fazer para ser direcionado a um dos cursos oferecidos pelo Senac.

Além disso, é importante que as empresas parceiras, no momento em que realizam a contratação de aprendizes, sigam o seguinte passo-a-passo:

  • Acessar o site do Senac da sua cidade;

  • Verificar a disponibilidade de turmas para Jovem Aprendiz Senac;

  • Realizar a pré-inscrição do adolescente ou jovem;

  • Encaminhar o candidato ao Senac com a ficha de inscrição assinada e os documentos necessários em mãos;

Feito isso, o candidato estará pronto para iniciar a parte teórica de seu programa de aprendizagem, através de um dos cursos ofertados no Senac. Se for de desejo da empresa contratante, poderá orientar e direcionar as opções de estudo que estejam mais próximas das atividades realizadas pelo aprendiz.

Benefícios e remuneração

A Lei de Aprendizagem prevê que todo jovem ou adolescente que participa do Jovem Aprendiz Senac tem direito a ser remunerado de acordo com a função exercida. Assim, os benefícios e remuneração do aprendiz incluem:

  • Salário condizente com a função de Jovem Aprendiz;

  • Vale-transporte;

  • Férias (se matriculado no ensino médio, devem acontecer na mesma época das férias escolares);

  • FGTS;

  • Carga horária de trabalho situada entre 4h e 6h sem prejudicar o horário de estudo;

  • Auxílio refeição/alimentação.

O valor do salário depende da empresa que contratou o Jovem Aprendiz. Em alguns casos pode ser equivalente ao salário mínimo nacional.

Conclusão

Ao se tornar um Jovem Aprendiz Senac você tem a oportunidade de conhecer melhor o setor comercial e incluir em seu currículo um curso desta instituição de ensino.

Além disso, pode dar seus primeiros passos na carreira profissional e o programa de aprendizagem do Senac pode abrir portas para o seu futuro. Se você cumpre todos os requisitos para atuar como Jovem Aprendiz e está em busca de um primeiro emprego, não deixe de fazer sua inscrição.